História Corpo Clínico Funcionários Eventos Você Sabia? Serviços Convênios Doenças Links São José do Rio Preto Fale Conosco

 

   Tamanho do Pênis

   Vasectomia

   Informações Gerais

   Hispospádia

   Doença de Peyronie

   Ejaculação Precoce

   Lesões Cutâneas Penianas

 



Lesões Cutâneas Penianas

Lesões Cutâneas Penianas

Doenças Sexualmente Transmissíveis

Condilomatose (“Crista de Galo”)

Sexualmente transmissível, com índice de infecção entre os parceiros de 60%
Causado por infecção pelo HPV.
Lesões pedunculadas, multifocais, como couve-flor, pele de cor avermelhada com pápulas verrucosas.
Associada ao aumento da incidência de câncer de colo uterino das parceiras.
Tratamento: Podofilina, ácido tricloroacético, crioterapia com nitrogênio líquido, eletrofulguração e laser CO2.

Herpes Genital

Causa mais comum de ulceração peniana.
Causada pelo Herpes vírus simples.
Manchas ou pápulas, seguidas por vesículas, pústulas e úlceras.
Tratamento: Antivirais tópicos e orais (aciclovir, fanciclovir ou valaciclovir).

Infestação por Parasitas

Escabiose ("sarna")

Causado por um parasita que cava túneis na pele (Sarcoptes scabiei).
Vermelhidão local e nódulos cutâneos.
Tratamento: Medicação tópica (lindane).

Pediculose ("chato")

Causado por parasita (Phitirus pubis).
Lesões puntiformes avermelhadas e pruginosas.
Tratamento: Medicação tópica (lindane).

Manifestações Cutâneas de Doenças Sistêmicas

Psoríase

Doença cutânea que pode acometer grande parte do corpo.
Mais comum reação inflamatória que afeta a genitália.
Placas avermeladas bem demarcadas.
Tratamento: Hidrocortisona e vitamina D tópica.

Líquen Plano

Patologia com 25% de envolvimento genital.
Lesões papulares anelares violáceas.
Tratamento: Glicocorticóides.

Líquen Escleroso Atrófico

Processo inflamatório crônico da glande e prepúcio, que leva a fimose adquirida e estreitamento do meato uretral.
Lesões esbranquiçadas em placas.
Associada ao carcinoma de células escamosas.
Tratamento: circuncisão (postectomia) e cremes tópicos (clobetasol).

Reação Alérgica a Drogas

Manifestações cutâneas genitais de alergia a drogas são relativamente comuns.

Balanites

É a inflamação da glande

Circinata

Manifestação mucocutânea de uma doença sistêmica: a síndrome de Reiter (uretrite, conjuntivite e artrite).

Circunscrita

Placa avermelhada e solitária na glande.
Tratamento: Circuncisão (postectomia), esteróide tópico ou laser de CO2.

Pré-Malignas

Papulose Bowenóide

Múltiplas placas hiperpigmentadas.
Tratamento: Crioterapia com nitrogênio líquido ou laser CO2.

Eritroplasia de Queyrat

Placa eritematosa na glande.
Carcinoma in situ.
Tratamento: Excisão cirúrgica, 5-Fluouracil ou laser CO2.

Rua Antonio de Godoy, 4473
Fone/Fax: 17 3519-3111
CEP: 15015-100
São José do Rio Preto - SP
E-mail: ued@terra.com.br
Urologia Eliseu Denadai © 2005 | Todos Direitos Reservados
Design e Desenvolvimento | MagicSite Internet Solutions